Produtos Geek e Nerd

Geek Place - Produtos Geek e Nerd

TV ABCID

Assista os nossos vídeos

Twitter

Siga-nos no Twitter

Entidades, políticos e personalidades em debate no Prêmio Conexão Cultura

Se conexão é a palavra de ordem do projeto desenvolvido pela Fundação Padre Anchieta (FPA), então foi exatamente isso que se viu no evento realizado dia 31 de março para conhecer os ganhadores do Prêmio Conexão Cultura – Sua História em Suas Mãos.
 
Para que a galera convidada pudesse entrar no clima, o hall do Teatro Franco Zampari, localizado na região central de São Paulo, ganhou decoração colorida com computadores e pufes dando ares de lan house 3.0. Foi possível conhecer em detalhes as histórias dos 12 finalistas por meio de textos e vídeos no site do Prêmio e também pelos perfis de cada um em sites de relacionamentos como Orkut e conteúdos postados no Youtube. Tudo era válido para entender melhor como os selecionados fizeram uso do acesso à tecnologia para promover mais cultura e educação a suas comunidades ou mudaram suas próprias vidas. Para isso, nada melhor que as próprias ferramentas da web!
 
Esse clima informal também se refletiu em toda a série de debates comandada por Paulo Markun, presidente da FPA, que dividiu o palco com Sérgio Amadeu, sociólogo e ativista pela liberdade na internet; Rodrigo Baggio, fundador e diretor-executivo do Comitê para Democratização da Informática (CDI) e Gilberto Dimenstein, colunista do jornal Folha de S. Paulo e rádio CBN, além de idealizador dos projetos Aprendiz e Catraca Livre.
 
A conversa começou com uma breve apresentação sobre a relevância dos centros de acesso públicos e privados na disseminação da cultura digital aos mais de 38 milhões de brasileiros que fazem uso da internet prioritariamente nesses pontos. Paulo Markun relacionou a necessidade de promover incentivo e direcionamento na navegação dos freqüentadores de lan houses e telecentros à barrinha do Conexão Cultura, denominada por Dimenstein como “Google da cidadania”. A barra é uma ferramenta instalada no navegador que concentra em um só lugar informações sobre cursos, notícias e eventos culturais e de lazer gratuitos, daí a ideia de ser um buscador para conteúdos educacionais.
 
Markun também foi falou sobre a importância de olhar para cada uma das histórias e práticas de gestão dos 12 selecionados como exemplos para a geração de iniciativas semelhantes em todo o país.
 
Personalidades em debate
 
As participações especiais começaram pelo apresentador Marcelo Tas, entusiasta da web e um dos padrinhos do Prêmio, que apareceu em depoimento gravado exclusivamente para o evento. Soninha Francine – atual subprefeita da Lapa, na capital paulista – subiu ao palco para falar sobre a importância da internet no cotidiano e como voz ativa na comunicação dinâmica. Para gerar mais interação, o pessoal que acompanhou o evento de casa pôde ficar conectado ao vivo pelo site do IPTVCultura e participar no chat com perguntas respondidas na hora pelos participantes.
 
“Não podemos demorar 100 anos, como foi com o fornecimento de luz à população brasileira, para oferecer banda larga à sociedade”, bradou Sérgio Amadeu sobre a importância de, antes de tudo, possibilitar conexão em todo o território nacional. Muito da discussão girou em torno do fomento público ao acesso, seja pela redução de impostos ou estímulo à regularização das lan houses.
Para falar sobre a questão da legalização dos serviços de infocentros privados, foram chamados ao palco os deputados Otávio Leite (PSDB-RJ), relator do Projeto de Lei que vai estabelecer diretrizes para a regulação, e Paulo Teixeira (PT-SP), presidente da Comissão Especial Para Lan Houses. “Precisamos esquecer o passado e o início dessa atividade associados aos jogos”, destacou Teixeira, que também lembrou sobre a necessidade de adequação da atividade segundo os padrões da Classificação Nacional das Atividades Econômicas (CNAE) em uma nova categoria.
 
Os políticos reforçam também a importância da internet como ferramenta de ação do cidadão que pode falar com seus representantes sobre “que serviço é prioritário para a comunidade, para reclamar e ajudar o poder público”.
“A cada segundo muitas lan houses abrem, mas, outras tantas fecham”, lembra Rodrigo Baggio sobre a dificuldade em manter esses micro-empreendimentos em funcionamento, bem como a sustentabilidade de telecentros. A questão da gestão eficiente dessas casas é um dos focos de trabalho do CDI e mais recentemente do CDI Lan, em parceria com outras entidades.
 
Do outro lado da cidade, Mário Brandão, presidente da Associação Brasileira de Centros de Inclusão Digital (ABCID), comentava sobre todas as discussões e temas diretamente dos estúdios do programa Login da TV Cultura. Seu destaque ficou por conta do comentário sobre as iniciativas dos finalistas do Prêmio Conexão Cultura e pela possibilidade de incrementar  o papo sobre lan houses e telecentros com os apresentadores.
 
Fonte: http://www.conexaocultura.org.br/2010/04/05/ntidades-politicos-e-persona...

Entidades, políticos e personalidades em debate no Prêmio Conexão Cultura

style="display:inline-block;width:160px;height:600px"
data-ad-client="ca-pub-8894684686016608"
data-ad-slot="8414093256">

Vídeo

Parceiros

Quem está online

No momento há 0 usuários e 1 visitante online.

Qual melhor horário pra você participar de uma reunião online?: